Páginas

21 de nov de 2012

Meras futilidades


Isto quase parece uma crónica,enfim.Vou-vos falar outra vez deste rapaz aqui.
Ora bem,aqui vai a conversa.Isto tudo cara a cara.
Eu: Eh pah,aquela cena tava a deitar vento e a despentear-me toda. ( eu a falar  do ar condicionado)
Ele:Tecnicamente não estava a deitar vento.
Eu:Mas estava-me a despentear a franja,tanto trabalho que dá.
Ele: Ui,tanto trabalho sim sim...Deve dar muito trabalho essa juba.
Eu:Essa quê?Olha que muita gente me vem perguntar como a consigo manter certinha.És mesmo parvo X.Se fosses gaja rapariga não falavas assim. (dei-lhe um ligeiro encontrão,na brincadeira claro).
Rimos os dois.
Ele:Tás a ver?Pelo menos ainda te faço rir.
Eu:Pois,é uma coisa boa que tu tens...Não é so essa claro,mas é uma das...
Ele sorri.
Eu (mudando de assunto) : Gosto mais de te ver com óculos do que com lentes.Ficas mais giro.
Ele:Obrigado.
Eu:Sabes o que podias fazer?Podias comprar lentes de cor verde...
Ele:Isso são meras futilidades,não têm nenhum objetivo prático.
Eu: Têm pois.Engatavas mais gajas raparigas.
Ele:Oh.

Enfim,meras conversas sem nenhum objetivo :b

P.S:A imagem é o Dooglas Booth (que pão!)

Nenhum comentário: