Páginas

23 de fev de 2013

Mais uma vez...

Sei que já falei cá disto antes,mas este tipo de situação está a ser um pouco dificil de aguentar e ainda mais para guardar só para mim.
Hoje tive teste de Matemática,como se isso já não fosse stressante o suficiente,o ambiente em casa  ajudou bastante.
Então foi mais ou menos assim:
Nestas últimas duas semanas tenho metido a base e só tinha ouvido bocas que ficava mal e que estragava a pele toda.Hoje de manhã,eu estava na casa de banho a arranjar-me para ir para a escola,quando entra o meu irmão na casa de banho, e eu estava a acabar de meter base e a esticar a franja,sai ele muito rápido,logo a contar aos meus pais,típico.Daí a uns segundos entra o meu pai furioso a berrar parar com aquilo,que não era para a minha idade e depois  obriga-me também a parar com o esticador,a sorte é que já tinha a franja esticada.Depois chega a minha mãe e obriga-me a tirar a base que já tinha metido,dizendo coisas como “ agora andas aí que pareces uma boneca de porcelana”,”isso não é para a tua idade”,”deves pensar que és a última bolacha do pacote” e coisas do género.Depois quando tou a tentar comer,ouço um sermão aos berros que estava proibida de fazer aquilo e que não admitem uma coisa daquelas.Depois no carro ainda me acusam de estar a tentar matar as pessoas com um ataque de coração, de as gostar de provocar e gostar de andar sempre em conflitos.Isto tudo com a voz amigável do meu pai. Eu fico mesmo muito nervosa em situações como esta,nem consigo falar,começo a tremer,as lágrimas quase a virem aos olhos,é horrivel não tenho controlo.
De noite outro sermão,englobando já temas como o fazer a depilação facial (sobrancelhas e buço (bigode)) não ser para a minha idade e de depois crescer tudo mais forte e não sei quê.Eu nas sobrancelhas costumo fazer com pinça,mas no buço não,com cera.E sei perfeitamente que eles no buço nascem mais fraquinhos , mas a minha mãe a dizer que não, e que não preciso de nada disso.Fique claro que preciso,porque eu tenho uma pele clara e os pêlos notam-se muito ,já no 7º/8º ano era bastante gozada pelos meus colegas por isso,enfim águas passadas.

Resumindo segundo eles,não tenho idade para: pintar as unhas,maquilhar-me ao de leve,esticar o cabelo,fazer depilação ás sobrancelhas/buço.

Acho que é um pouco normal que eu me sinta angustiada com isto,é a auto-estima que vai embora.E estando na fase em que estou,não dá mesmo jeito nenhum que isso aconteça.

Desculpem,mas tinha de desabafar :/

17 de fev de 2013

Curtes ou lá que raio é...


Acho que a maioria sabe o que é que quer dizer,para quem não sabe "Curtir" é nada mais nada menos,que uma "aventura" sem compromisso nenhum,pode demorar 1 dia,1 semana,ou pode ser quando as pessoas quiserem.Não há amor de nenhuma das partes,geralmente.É só mesmo,pronto,"curtir".
Maior parte dos adolescentes de hoje fazem muito disto,um dia com um/a outro dia com outro/a.
Pessoalmente eu discordo totalmente disto,não tenho propriamente interesse em andar "enrolada" com uma pessoa que no dia a seguir já nem um "olá" diz,acho que é uma coisa egocêntrica e egoísta.
É uma coisa de um momento só, e posso dizer que prefiro encontrar uma pessoa que goste a sério, e ela de mim do que andar com uma qualquer,só mesmo para dizer que sim, que nos andámos a "comer".
Tenho várias amigas que volta e meia vêm com conversas de quem é que comeram e tal,eu só lhes pergunto:" Sentes-te bem a fazer isso?" A resposta maioritariamente é um sim,do género "sou o/a maior,porque comi não sei quantos/as".
Perguntei a um amigo o porquê de fazer isto e o que ele respondeu foi:"É para me sentir amado".Amado?Onde está o amor no meio disto tudo?Enquanto não perceberem que é uma ilusão,pronto.
Essas pessoas nem sequer têm interesse em conhecer-te,gostam do teu exterior e pronto,aí está o critério.
Não pensem que só são os rapazes que fazem isto,são também as raparigas.Mas o grande problema desta sociedade é que se for um rapaz é um "garanhão",se for uma rapariga já é uma vadia.
Mas há o contrário,felizmente.Um amigo meu diz que não faz isto porque acha muito estúpido e sem sentido,embora tenha vontade ás vezes quando conhece uma rapariga mais bonita e etc.Mas não o faz.
Podem dizer que sou uma idealista que quer estar á espera eternamente do seu principe e que venha montado no seu cavalo branco.
Mas pelo menos tenho principios.

O que acham vocês das curtes?

Não somos comida

Odeio aquele tipo de pessoa que o que querem mesmo é "comer e largar".Não somos um restaurante,ok?
A sério,que isto ás vezes me irrita a sério...

16 de fev de 2013

Million Dollar Baby-Filme



Bem,para quem hoje vai ficar por casa hoje á noite,trago aqui uma sugestão de filme...Vi-o ontem, e confesso que foi por não ter arranjado um de terror para ver,senão sabe-se lá quando via este.Mas ainda bem que o vi,porque é fantástico.
Bem,resumindo,trata-se de uma lutadora feminina de boxe,Maggie (Hillary Swank) e que quer por força que Frankie (Clint Eastwood),um treinador exigente e de muita experiência a treine.Ele ao principio recusa treiná-la por ser mulher,mas lá acaba por ceder,devido também aos conselhos do seu melhor amigo Eddie Scrap (Morgan Freeman),um ex-lutador de boxe e que cuida do ginásio de Frankie.
Com um elenco assim dá logo vontade de ver...
Este filme ganhou 4 Oscares e é dirigido por Clint Eastwood.
Vejam,e digam o que acharam.

11 de fev de 2013

10 de fev de 2013

Crescer cedo demais?

 
 
 
 
Mamãs,papás da Blogosfera e restantes expliquem-me uma coisa.
Qual é o grande problema de uma rapariga de 16 anos,meter base na cara (é da cor da pele,só tapa uma ou outra marca),meter um gloss transparente nos lábios e esticar o cabelo ? Se há coisa que eu não entendo,é porque é que os meus pais se passam quando eu quero arranjar-me para ir para a escola.Começam logo com coisas como:"Pareces uma boneca de porcelana","Não tens idade para essas estupidezes","Ficas mal com essas porcarias","Queres parecer o que não és","Queres andar a agradar a toda a gente" e bla bla bla.
Eu realmente só quero gostar da minha aparência e sentir-me bem,mas eles opõe-se sempre.O mais engraçado é que para umas coisas é:"Já tens 16 anos,não és nenhuma criança" outras como esta é:"Ainda não tens idade,precisas de crescer muito".
Eu até compreendo que não me deixem sair á noite e coisas do género,mas isto? Não sei,coisas como estas eu não concordo.Claro que não quero ser a próxima Miss Universo,mas posso pelo menos sentir-me bem comigo própria? Ainda se fosse algo exagerado...Mas não.
Fora as discussões,ou melhor monólogos,que são por causa das calças serem um pouco justas ou porque as camisolas são demasiado sei lá o quê(não uso muitos decotes,note-se).Não quero propriamente andar na escola como se andasse enfiada num saco de batatas,com um casaco até aos pés,ou apertadinha até ao pescoço,não é propriamente bom que a minha auto-estima esteja em baixo
O grande problema é que os meus pais não me ouvem,não me deixam explicar nada.
Já sei que alguns de vocês vão ter uma imagem de mim destas:" manienta (ou qualquer coisa parecida)" mas mesmo assim quero saber a vossa opinião acerca disto.
São só os meus pais que são assim,ou há mais alguém com o mesmo "problema"?
 
Beijinhos

O que fazer,então?

 
 
Achei piada,enquanto passeava no 9GAG...
I'm back beautifuls :)