Páginas

27 de jul de 2014

É por esta e por outras que dizem que sou estranha #1


Não gosto de sair á noite, não tenho nenhuma atração por isso. A resposta á pergunta de "mas tu já experimentaste?" é "Sim já e não gostei", mas " ah e tal, isso depende com quem vais e onde", pois, mas para além de eu não consumir álcool, de eu não gostar da merda de música que os bares/discotecas passam, de dançar, do ambiente e de não gostar de demasiada socialização desnecessária , gosto de ter o meu espaço/ momento, e estando todo o dia ocupada, gosto de ter a noite para me dedicar ao que me apetece. E dizem-me "Isso é estranho, principalmente nas nossas idades. Vais muito mal preparada para a universidade, vais chegar lá, vais querer viver tudo de uma vez." Prometo que para a minha próxima vida vou virar uma pita de 15 anos a vomitar á porta de um bar toda bêbada para ficar preparadinha para a universidade, meus caros... Como eu adoro prognósticos!

65 comentários:

Sys Arancia disse...

Credo, não é preciso beberes e vomitares. Ahah
Mas eu percebo-te, o meu namorado é igual.
kiss na cheek

Ana Nunes disse...

Desculpa que te diga, mas quem te disse que 'vais muito mal preparada para a universidade' por isso, não deve saber muito da vida... só deve saber de bares/discotecas e bebidas! Que geração mais triste.

Sentimentos Incontrolados disse...

Cada um é como é. Podes muito bem saber divertir-te sem beber nem ir a discotecas. Quem diz o contrário são aquelas pessoas que só conseguem divertir-se com álcool no sangue a fazer as coisas por eles.

Gonçalo disse...

eu também não gosto muito de sair à noite, depende :)

r. obrigadooo :)

S. disse...

eu também não gostava ao início e, sinceramente, ainda não gosto de ir àquelas discotecas cheias de gente e a transbordar música eletrónica. mas adoro ir àqueles barzinhos com música ao vivo ou que passam reggae. mas também tenho a sorte de ter amigos que gostam do mesmo tipo de música que eu :) para saíres à noite não precisas de te embebedar e acabar numa casa de banho ou na beira da estrada a divertires-te, nem precisas de beber ! a diversão de uma noite não depende daquilo que bebes ou não.

Emily disse...

Então olha somos o oposto xD
R: Ui, isso é pior.

Vírgula, disse...

Ahahah eu era tal e qual, nada me atraía naqueles espaços e nunca tinha vontade de sair, só ia mesmo porque me convidavam...
Agora já fui saindo e até nem é algo que faça contra a minha vontade, mas nunca bebo álcool simplesmente porque não me atrai e sair à noite está longe de ser algo que goste!

Dalma disse...

Que estupidez, isso varia de gosto para gosto!

Diana C. disse...

Eu não tenho voto na matéria que eu não saio á noite, mas não é por não gostar ou gostar apenas ainda não comecei a sair.

Mara disse...

não é preciso exagerar :p

Lara disse...

não gostas não gostas. ninguém tem nada a ver com isso! comentários mesmo inúteis esses -.-

Dama disse...

Que merda de prognósticos...

marie disse...

Também não sou nada dada às saídas noturnas, deixa lá :b

Gonçalo disse...

r. eu também acho que entro, mas existem sempre receios...

Neuza disse...

eu tambem nao bebo, eu tambem nao gosto de estar sempre a dar sorrisinhos falsos a todos, tambem nao gosto de muitas das musicas das discotecas mas gosto de sair a noite com os meus amigos, nao vou a discotecas mas vou ate a vila aos cafés e a vaguear pelas ruas, ate acabar a conversa com eles no meio das ruas
r: completamente!

Cátia disse...

parece que isso foi escrito por mim! partilho exatamente esses mesmos pensamentos. Eu não gosto nada de sair à noite porque nunca bebo e acabo por ficar um bocado de lado. Além disso, a música das discotecas são uma grande bosta. Desculpa, mas não consigo "dançar" ao som disso.
E como se a universidade se resumisse a festas. Quem vai mal preparado são as pessoas que te dizem isso

S* disse...

Eu gosto de sair à noite... mas apenas para cafés!

Amelia disse...

Sou um bocadinho assim também. Prefiro mil vezes ficar em casa com amigos do que andar por aí pela noite a aturar cenas para as quais não tenho um pingo de paciência :) E podes ter uma boa vida académica sem te meteres nesses filmes todos. Eu tive... afinal não tirei um curso para me divertir e embebedar. Em primeiro lugar, estava lá para aprender :)

A disse...

Também estás aqui a comparar extremos. Podes gostar de sair e não ser uma "pita de 15 anos a vomitar á porta de um bar toda bêbada" :)

Carolina. disse...

Estás a generalizar e a fazer comparações de extremos. Eu também não bebo e gosto de sair. Eu não danço em cima das colunas nem saio todas as semanas mas gosto de dançar e gosto de me divertir com os meus amigos, de acabar a noite ja de madrugada e de ir tomar o pequeno almoço com eles a uma das poucas pastelarias que esta aberta... comcei a sair quando tinha idade para tal (e responsabilidade) e não aos 15 anos mas mesmo com 18 não vomito nem fico bêbada... Uma coisa é não gostares do ambiente e não saires porque não gostas da mesma forma como eu não vou para determinadas discotecas ou bares porque não gosto e escolho outras. Outra completamente diferente é generalizares todos os locais e todas as pessoas que lá entram... (:

R: Sim, correu :)

Isy disse...

Eu também nunca gostei de ir para discotecas nem bares...

Bjxxx

Tess disse...

sair à noite com os amigos faz parte da vida. não sou uma grande voz porque também não gosto muito. mas não é necessário fazer figuras. podemos estar completamente sóbrios, sentados num sofá a conversar, é o que faço quando saio :D

Resp: Guns N' Roses? Oh, quem é que não conhece aquela maravilha? É só das minhas bandas favoritas. E o Axel Rose com a fita na cabeça mata-me, literalmente XD

Roxy disse...

Eu também não bebo, eu também não gosto das músicas que passam nos bares, eu também não gosto de sair por aí e entrar em tudo o que é bar ou discoteca. Mas gosto de ir a um café, uma festinha da aldeia, ou assim. Mas também é mesmo muito raro, então no inverno as ruas nem me vêem.
Em relação à universidade acho isso uma estúpidez, duvido que por não gostarmos ou fazermos praxe não tenhamos amigos, duvido que porque não saímos à noite ou vamos até a um bar sejamos considerados uns nerds. Portanto, 'prognósticos só no fim do jogo'!

r: Obrigada!

Caty disse...

Eu gosto de sair com determinado grupo... Já saí com pessoas em que às 11 horas estava desejosa de chegar a casa e já saí com outras que às 4 da manha nem sabiamos que eram 4 da manha pois estávamos sentados num bar muito bom a conversar... Acho que depende das companhias, ainda nao saiste com as pessoas certas...


*Beijinhos*
Caty<3
http://myfairytale4.blogspot.pt

As* disse...

cada um é como é , senão gostas paciência , ninguém te vai obrigar a gostares e a saires :o

Last Call disse...

Cada um é como é :D

Italiana. disse...

não saiu à noite também, deixa lá :)

Inês I disse...

Eu cá até gosto de sair à noite, mas não quer dizer que vou com o intuito de me embebedar. (:

E tens todo o direito de não gostares de sair à noite. Compreendo que hás vezes queremos ter o nosso espaço e o nosso tempo e até pode ser que depois comeces a gostar de sair, com as pessoas certas (a companhia ajuda sempre) por enquanto, acho que ninguém tem que meter os teus gostos e passatempos em causa.

Kelda disse...

Cada um gosta do que gosta.
R: obrigada mas o cabeçalho está uma porcaria :p

Mérida disse...

obrigada :)
sou como tu, também não gosto muito de sair à noite

Edna Patel disse...

Eu adoro sair à noite, mas raramente o faço.

Catarina disse...

R : É um orgulho mesmo ...


Sou como tu , não gosto de sair á noite ;))

Hibiscus disse...

oh oh as pessoas gostam que seja toda a gente igual. Gosto de sair à noite mas não gosto muito de ir para discotecas no entanto quando vou por vezes divirto-me bastante e não me embebedo. Já andei na universidade e sobrevivi :)

Lexie disse...

eu gosto de sair à noite, é bom para espairecer, mas também gosto de aproveitar a noite é por isso que nunca bebo em demasia, tanto que nunca apanhei uma bebedeira :)

A disse...

R: A quase todos os sítios onde há design de moda :)

Miguel Alexandre Pereira disse...

Deves fazer aquilo que te sentes bem, esquece os comentários dos outros. Nem vale a pena dar valor...

http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

Sofia disse...

Sou como tu e também me dizem essa treta do "vais mal preparada para a faculdade" mas enfim -,-

Bu' disse...

Cada um é como é, eu até gosto da música de discotecas e isso, mas se estiver muita confusão lá já não me sinto muito bem. Por exemplo, se me derem a escolher entre uma ida à discoteca ou uma ida à esplanada aqui ao pé de casa, que é fresquinha, tem bom ambiente e tem karaoke, preferia a esplanada!
Ou então nesta altura, prefiro ir à viagem medieval aqui da terrinha em vez de ir para os bares que tem lá ao pé.
Há gostos para tudo!
E essa da universidade foi mesmo desnecessária! :o

annie lancaster disse...

r.:assim espero

marie disse...

r: Sim, vi o filme depois de ler o livro e gostei mais do livro (:
O meu da 1ª fase correu-me bem. Só tive pena de não ter pedido reavaliação da prova. Eu merecia mais do que aquilo que tive, nem que fosse só mais uma décima.
Eu, há um ano atrás, também estava muito confusa. Não sabia o que queria nem que provas de ingresso precisaria. Esta incerteza levou a inscrever-me para os quatro exames no 12º ano xb Foi pesado ter de fazer quatro exames na 1ª fase e ainda dois na 2ª mas sobrevivi e aqui estou eu cheia de medo de não entrar no que quero :b
Portanto, tenta decidir o que queres antes das inscrições para os exames e pondera bem quais são os exames que vale a pena repetir.
Só mais um conselho: na escolha do curso, vê as saídas profissionais dos cursos que te interessam e tenta perceber se te imaginas a fazer aquilo para o resto da vida.

Ember Blue disse...

Isso é uma estupidez, nem lhes ligues.
O que importa é estares bem contigo mesma e com as tuas decisões! :)
Beijinhos*

Blackbird disse...

Não tens que gostar! Cada um é como cada qual e da mesma forma que há pessoas que gostam, também existem as que não gostam. O problema é que a maior parte das pessoas pensa que só porque elas gostam de alguma coisa, os outros também têm que gostar, o que é completamente errado!

R: Obrigada por me teres avisado :s

Tess disse...

resp: agora o meu avô ainda tem mais pinta eheh XD

catarina disse...

cada um é como é, e não te devem julgar por isso. Tu fazes o que achares para ti
resp: depende, mas correr riscos faz-mos crescer enquanto pessoas

Yah Nick disse...

Que importa sair à noite, se o que queres é não sair?
Que mania de tentarem fazer a cabeça das pessoas.
E sair todos os fins de semana, é normal? É normal apanhar bebedeiras aos 15 anos e andar até de madrugada sem os pais saberem por onde andam?
Faz o que a tua cabeça mandar e deixa-os falar, porque se não falam, são capazes de rebentar com tanta estupidez. :)

marie disse...

r: Sim, é puxado fazer quatro exames e eu conheço mais pessoas que o fizeram. Umas saíram-se melhor do que eu, outras pior. Mas o que me entristece mais é ver que as minhas provas de ingresso não correram tão bem como eu planeava e é daí que vem o meu medo de não entrar no que quero.
De nada, fico contente por ajudar! :)

annie lancaster disse...

Faz o que tem vontade

Beatrice disse...

Podes nao gostar de sair à noite, mas a verdade é que isso vai depender sempre de com quem vais! Por exemplo, eu costumo sair com as minhas amigas a um sitio sossegado, bebemos cafe, conversamos,...nao andamos a vomitar à porta de bares. Podes continuar sem gostar, mas ao menos nao vais odiar

Beatrice disse...

r: eu ate lhe perguntava subtilmente, mas nos ja nao nos falamos

madalena disse...

"Vais muito mal preparada para a universidade," - quem te disse isso é idiota. Estou na universidade do outro lado do país, nunca saí à noite e agora não estou armada em rebelde e a embebedar-me por aí. Ailás, continuo a não gostar de sair. Os meus amigos já sabem que não me convidam para sair porque não vale a pena, a não ser que seja só para beber um café e ficar na conversa, que isso eu já gosto. Discotecas, bebedeiras, semanas do caloiro e académicas... no thanks!

Ariana Maria disse...

Eu gosto de sair à noite, não bebo nem fumo, não vou para qualquer sítio nem com qualquer pessoa, a verdade é que o local que escolhemos e a companhia valem muito. Sair à noite não significa ser "pita de 15 anos a vomitar à porta de um bar toda bêbada", isso é só o retato da má educação que se vive hoje em dia :|
E quanto a isso da universidade, é estúpido sim, só bebe e vai a festas na univ quem quer, ninguém obriga a nada e não é por ser estudante universitária que dá uma vontade subida de sair à noite, beber, fumar, por ia...

madalena disse...

R: Para começar andei de Pandur (é um carro de guerra) e foi brutal, depois deixaram-nos mexer em algumas armas e eram todos super simpáticos connosco. Gostei de saber o que se faz nos três ramos - marinha, força aérea e exército, e acho que fazem um excelente trabalho no dia-a-dia.

Eu estou em Ciências Biomédicas :) Sim fui praxada. Para ser sincera não gostei muito, mas concordo que parte da culpa foi minha, porque "não me deixei divertir". Ia já muito carrancuda para lá a achar que era uma idiotice e não aproveitei muito bem o momento, mas tive muitos colegas que adoraram. Sinceramente sempre vi a Universidade como um sítio onde não precisas de te dar com muita gente, onde as pessoas são "impessoais" e não precisas de dizer mais do que aquilo que queres, mas pelo menos cá em Portugal não é assim, tens de entrar no espírito da coisa e dar-te com pessoas. Aconselho-te a pelo menos dares-te uma oportunidade de interagires. Não precisas de agir como uma idiota e embebedares-te, mas tenta sair com o pessoal e conhece-os antes de os rejeitares, é o meu conselho :)

madalena disse...

R.: Ui ui, se achas que a praxe é só meter a cara em farinha, vais muito enganada :P Tenta levar aquilo como uma brincadeira. Ninguém te pode obrigar a nada, muito menos a coisas idiotas. Experimentas e estás lá para o que quiseres, quando não quiseres vais embora, que foi o que fiz. Se bem que há universidades com regras mais restritas do que outras, mas aqui podias praticamente fazer o que quisesses sem seres "expulso" da praxe. Mas sinceramente aconselho-te a ires, porque o facto de te recusares à praxe fecha-te algumas portas no futuro. Não te impede de teres uma boa média nem nada, mas torna as coisas mais fáceis.

madalena disse...

R:Vim-me embora sempre que achava que estava a ser demais (e quando as aulas já tinham acabado); nunca fui a nenhum jantar em casa dos Académicos (os que nos praxavam), nem à Recepção ao Caloiro, nem a nenhuma praxe à noite ou ao fim-de-semana. Nessa altura também andava doente, por isso eles não insistiam muito comigo. Participava nas praxes durante o dia, mas também não era muito activa.
Não digo que te feche portas no sentido de te impedir de fazeres algo de importante, mas mais no sentido da socialização e do espírito académico. Ter uma vida académica activa é muito bom. Aconselho-te a participares em comissões de praxes, de festas e mais importante, do Núcleo de Estudantes do teu curso (há alguns cursos que não têm, though); principalmente este último torna-te mais "conhecida" na universidade, dos professores, e ajuda-te a conhecer a própria universidade e o curso, o que pode vir a ser muito útil mais no futuro.

Mas não precisas de estar a stressar agora, nem nunca, tenta só ir descontraída e aproveitar as ocasiões!

madalena disse...

R: Ou por durarem muito tempo, ou por não estar a gostar, wtv, quando já não me apetecia estar lá mais. Bem, mas se fores para Coimbra suponho que as coisas sejam mais restritas, mas não sei xD
Para pertenceres ao Núcleo não precisas de ir às praxes, mas é nas praxes que conheces as pessoas, entendes? :)

madalena disse...

R: Nas praxes fazia-se muita coisa, sendo o principal estar de joelhos a cantar. Rebolava-se no chão, faziam-se alguns jogos em grupo; Houve um desfile em que nos sujaram todos com porcaria e é praticamente isso. Depois há o Apadrinhamento e Baptismo, em que escolhes os teus padrinhos e és baptizada por eles; há a Noite Satânica, a Procissão das Velas e o Tribunal de Praxe. Há muita variedade de coisas xD

Eu sou de ciências, não sou bem a pessoa indicada para te dizer isto, mas Direito é um curso puxado. Direito é a Medicina das Humanidades xD A meu ver, claro. Tu estás em que área? Tens de ver o que é que queres mesmo. Se quiseres Direito, deves segui-lo :)
Também sempre quis ir para Lisboa, mas infelizmente não consegui; vou tentar no mestrado :P

madalena disse...

R: Sim, depende muito. A minha universidade é muito recente em comparação com Coimbra, por exemplo, portanto não tem aquelas tradições que Coimbra tem, e a praxe não é tão bem organizada; são um bando de pessoas a berrar com caloiros (que aqui nem se chamam caloiros, chamam-se literalmente "bestas").
Eu tive aplicações informáticas no 12º e acabei com 18, achei facílimo e gostei.
Conheci um rapaz que também era de ciências e entrou em Direito em Coimbra, mas acabou por não gostar e mudou de curso um ano depois. Isso é uma das coisas que tu podes fazer. O mais importante mesmo é entrares na universidade no curso que queres, depois logo vês se queres mudar de curso. Acontece a muita, muita gente.
Tenta não stressar, faz o teu melhor e isso vai chegar. ;)

madalena disse...

R: Não gosto de gatos não xD Mas o meu namorado tem uma gata que até é aceitável xD

Sim, mas a fase de chamar nomes/insultar é só mais no início, quando tiveres padrinhos é muito melhor :P
A minha mãe formou-se em Direito em Coimbra (já há algum tempo xD) e ela adora, foi mesmo feita para aquilo, e acho que é assim que tem de ser. Escolhas Direito, ou outra coisa qualquer.
Esse rapaz mudou para Economia, e está a gostar :)

madalena disse...

R: Bom, aqui podes escolher dois padrinhos e os pseudo-padrinhos que quiseres xD Tenho 2 padrinhos e 2 pseudo-padrinhos :) De momento a minha mãe trabalha na Segurança Social, mas numa área ligada ao Direito, e gosta do que faz. Mas também já exerceu advocacia.

Ânia Morouço disse...

Sou como tu, não gosto de sair e não gosto muito do ambiente de discoteca e como também não bebo, não tenho vontade de sair e chegar a casa a cheirar a tabaco, baaaaah
r. obrigada por me avisares do blogue. Enfim esta pessoa não nos deixa em paz!

madalena disse...

R: Os meus padrinhos nunca foram muito presentes, por assim dizer, mas sempre que os vejo são muito simpáticos e preocupados e tudo isso. Tenho colegas cujos padrinhos emprestam imensos livros e apontamentos e testes, etc...
Ui, não sei, foi antes de eu nascer :P Mas ainda foram uns bons anitos.

madalena disse...

R: Tens de ver, são fantásticos :D

Os livros em geral estão em PDF ou são fotocópias, mas eu comprei três pelo eBay baratíssimos e como novos. Por exemplo, comprei um por 40€ que comprado novo custa 150€. Tens de ver o que te serve melhor. Eu gosto de ter os livros, mas também só compro se forem aqueles livros bons que me vão servir por muitos anos.
Em Direito o que vais precisar muito vão ser os Códigos (Código Penal, etc etc - sei disto, porque a minha mãe tem milhentos xD), por isso se calhar vale a pena arranjares. Mas disso informas-te já depois de entrares na universidade e perguntas aos Doutores, que saberão muito melhor que eu xD

madalena disse...

R: Isso é que é amor ao curso, já viste os códigos e ainda nem te candidataste xD

anya ♥ disse...

Olá, cheguei agora ao teu blog através da madalena do 5 o'clock coffee e este post chamou-me a atenção. Revejo-me nessas palavras e acho demasiado ridículo o facto de alguém te ter dito que se não sais à noite, não estás preparada para a universidade. Teria lógica que te dissessem que se não tiveres treino de estudo, não estás mt preparada para a universidade. Para além disso, a universidade não muda toda a gente. Também nunca fui de sair muito para esse tipo de ambientes (prefiro concertos) e isso não mudou qdo cheguei à capital.
Boa sorte e não ligues mesmo aos outros :)

Vou passar por cá mais vezes. :)

Green disse...

O que é que isso tem a ver com a universidade? Quem to disse, é de muito pouca inteligência e conhecimento.