Páginas

8 de out de 2014

Nostalgia





Eu nem sempre tive o sonho de seguir Direito, aliás, foi só no meio do 2º período do 11º de Ciências que me apercebi disto. Se tivesse sabido logo no 9º teria ido para Humanidades, não fui, paciência, não ia fazer exames por equivalência arriscando-me a chumbar a disciplinas que não tinha aulas, posso entrar por aqui teoricamente em todas as universidades menos uma, a clássica de Lisboa (que exige o exame de História como obrigatório). Isto só foi uma pequena introdução.
Quando eu era pequena (ou pelo menos até ao 7º ano) eu queria ser cirurgiã, Medicina era um sonho. No 7º ano tive problemas de "bullying" na escola, desci muito as notas e nunca fui mais a mesma aluna de quase tudo 5's daí para diante. Perdi-me e nunca mais encontrei aquela menina aplicada que os professores diziam que ia ser tudo aquilo que quisesse e com o passar do tempo fui deixando o sonho de ser médica para trás, até porque o gosto pela Biologia/FQ foi-se indo embora com os professores que tive, com as notas nunca suficientes, etc.
Um amigo muito próximo (que eu já cá falei no blog) entrou em Medicina, fiquei super feliz por ele, mas de cada vez que ele me fala do curso eu sinto uma nostalgia enorme, um aperto na garganta e as perguntas que me surgem são "Porque é que eu não sou assim tão inteligente? Porque é que eu me perdi? ". Talvez Medicina tenha sido uma aspiração ilusória sim, até porque perdi o gosto por Biologia, por FQ, e uma pessoa assim não tem virtudes para um curso de Medicina mesmo que tivesse nota suficiente (em qualquer lado).
A verdade é que sempre tive mais inclinação para letras e julgo que não é qualquer pessoa que gosta de andar horas a ler Códigos (de Direito) sem ainda estar no curso só pela curiosidade.
 Mas Medicina é aquela nostalgia, aquele sonho perdido sabe-se lá onde.
Atualização (18:07): Conclusão disto, é que eu me sinto "culpada" por não ser vocacionada para uma área que em garota gostaria de entrar, como se fosse uma obrigação eu gostar daquilo hoje e não ter conseguido mas gostar de outra área completamente diferente, como se tivesse falhado. 

64 comentários:

TheMaria disse...

Tenho uma amiga minha que trocou de medicina para direito, ainda vais a tempo :D
R. Lá para o meio da aula apareceram mais pessoas, mas quando escrevi aquilo estávamos mesmo poucos!

Pedro Sampaio disse...

Nunca desistas dos teus sonhos, se quiseres algo realmente, luta. Nunca é fácil nem será, mas acredita em ti :)

anya ♥ disse...

Talvez quem sabe...? Estar dividida entre áreas é difícil, mas não saber de todo para onde nos virarmos é pior ainda!! :P
Só a FDUL é que pede História? A sério? o.O uau, isso é um bocado estúpido... assim sendo, que exames é que tens de fazer para entrar em Direito? Só Português?

Sentimentos Incontrolados disse...

Já devias saber que eu sou brutal, haha.
E tu também és brutal mesmo que não consigas cumprir o sonho de medicina. Agora sabes é que tens de te empenhar para conseguires entrar em Direito. Eu acredito que vais conseguir :)

TwoVoicesOneHead disse...

Dunas ? Onde andas , Dunas ? xD

Sentimentos Incontrolados disse...

Vais ser a advogada mais linda que os tribunais já conheceram :b

JS disse...

É pena que te tenhas perdido a meio e estranho que passes do sonho da tua vida, para direito.
Não sei se é por eu ter uma certa antipatia por advogados, mas não acho que direito e medicina são coisas tão diferentes, como um pitbull e um porquinho da índia.
Já sabes, se fores para direito e seguires advocacia, tens aqui um inimigo. ahahah

Roxy disse...

Não desistas. Direito é um curso chato, mas tem tanto de interessante como a Medicina. Eu estou na situação oposta, porque entrar em Humanidades foi um erro, mas entrei e o sonho da Medicina Veterinária desvaneceu-se, mas agora olho para mim e era a cirurgia que eu queria!

Green disse...

Se queres medicina, luta por isso, nada está perdido.

Sentimentos Incontrolados disse...

2,5??? Não percebi.
Humm, então vais ser a juíza mais linda ;)

Marisa Costa disse...

r: Para mim probabilidades não está a ser nada fácil. Tive questão aula e tudo mas correu muito bem! Preciso mesmo de me aplicar este ano :)

Roxy disse...

r: Não sei não...
É muito teórico, mesmo.
Atrai-me direito, criminologia, psicologia, jornalismo. Mas o que quero é o jornalismo.

Hanna H. disse...

Opá como eu te percebo :s Eu sempre tive melhores notas a letras, e às outras disciplinas como Mat. F.q. e Biologia só uma aluna média... Mas uma coisa que adorava seguir era farmácia, apesar das minhas notas não chegarem... Não sei mesmo o que hei-de seguir e fazer :S

Catarina disse...

Ainda vais a tempo querida (:

Jade disse...

As nossas vocações crescem e mudam á mesma medida que nós... não há razão para te sentires culpada por isso

Hanna H. disse...

R: 7 o quê linda?
A minha média ainda não está feita, porque deixei f.q. em atraso... Mas sem a f.q. tinha 13 o que é baixa... e tu? :)

Pedro Sampaio disse...

r: Sim, eu estou a entender o que queres dizer. Eu antes queria ser advogado, mas mais tarde vi que não era para mim. Fiquei assim sem saber o que fazer ou ser, mas sempre tive outro sonho que era é é publicar um livro. Por vezes temos mais que um sonho, mas claro há sempre aquele que queremos mais, mas tu irás encontrar algo :)

Hanna H. disse...

r: não faz mal :) mas só se fosse para uma faculdade privada não era?

Roxy disse...

r: Não, não sei... :s

Duquesa disse...

Não tens que gostar sempre de uma área! Hoje ela pode interessar-te e amanhã pode já não fazer sentido para ti...

Effy Stonem disse...

Mas ainda vais a tempo não vais?
R: Oh *.* Pensei que não gostavas de mim ahahah estou a brincar. Às vezes não é bom muita pressão S:

Pedro Sampaio disse...

r: Na altura pensava que sim mas vi que não era para mim, e deixei isso. Tu verás que terás, acredita em ti e conseguirás aquilo que realmente queres ou até mais. Caso precisares de falar ou desabafar, podes comigo!
Oh, obrigada por achares isso :')

Briana disse...

Não fiques a sentir-te culpada.. nada acontece por acaso e se vais para direito em vez de medicina é porque alguma coisa está reservada para ti.. Eu não entrei na minha primeira opção, mas apaixonei-me por este curso e já não o trocava pela primeira opção
R: eu antes usava só "enrabá-las com um pau de marmeleiro" mas depois que avisaram que podiam gostar e era melhor ser com um de roseira porque tinha picos..
E não, é dietética

Roxy disse...

r: Sim, sim!

TwoVoicesOneHead disse...

não dão nada , se te faz sentir melhor eu também não gostava muito disso xD
estou bem e tu ? xD

Ariana Maria disse...

Sinto que este texto (ou parte dele) podia ter sido escrito por mim, desde a parte de querer ir para medicina, passando pela parte do "perdi-me" :| Hoje sigo um curso diferente que nunca pensei gostar, mas gosto e cada vez mais surpreende-me pela positiva, mas lá está, cada vez que penso em medicina, sinto que falhei :|

Effy Stonem disse...

R: Obrigada ♡ Oh, é mau seguirmos o que não queremos, nunca nos iremos sentir realizadas :s Porque não tentarias mais uma vez no próximo ano caso não desse ou assim? :/

Sofia disse...

Se queres mesmo, luta, nada está ainda perdido :)

Briana disse...

A primeira era fisio..
Se gostaste podes usar sempre que quiseres.. não tenho direitos de autor

C. disse...

Já sabes que penso. Vais conseguir, vais ver (:

Pedro Sampaio disse...

r: Ao longo do tempo fui vendo que não era para mim só isso. Já tu tens de certeza, e apesar dos teus pais não pensarem ou gostarem da ideia, não interessa que não sigas isso. E verás que com o tempo eles irão de apoiar, fazem sempre,apesar de por vezes a primeira não entenderem. Não precisas de agradecer Luna! Oh, e agradeço por achares isso, a sério, e têm sido porreiro conhecer mais de ti :)

A disse...

Nós mudamos e os nossos sonhos também. Não és obrigada a querer ser astronauta, cantora ou cabeleireira só por isso ser o teu sonho de criança. Sê o que queres ser, agora :)

Pedro Sampaio disse...

r: Sim foi isso que aconteceu, coisas mudaram e assim. Bom, muita coisa, mas se for o que queres vai para isso e nunca é fácil seguir aquilo que realmente queremos mas consegue-se!
Também não sei a resposta a essa pergunta, mas gostava de saber mais de ti :)

Effy Stonem disse...

R: Entendo, normalmente quando somos mais "pequenos" queremos ser isto e aquilo, depois as coisas acabam por mudar sempre..

Pedro Sampaio disse...

r: Pois não, por isso mesmo é que decidi então apostar na escrita, e depois surgiu o blog e aqui estou eu, haha
Pois, mas se calhar mudas-te e decidis-te outra coisa, e os teus pais têm que entender e irão, dá tempo só. Bom, nesse caso queres continuar a falar por aqui, ou fora da blogosfera? :b

Pedro Sampaio disse...

Assim o farei, como tu seguires o teu, pode ser?
Disseram isso? Hm, imagino que tenha custado mas tu irás prova-los errado, vais ver!
Digo isto porque eu por vezes ando afastado daqui, e assim fala-se mais, e se fosse, seria por mail para já :b

Ember Blue disse...

Querida, não fiques assim :) Lembra-te: tudo acontece por um motivo. E já pensaste bem, que se calhar a tua vocação não era medicina? Ânimo e força! ^^
Beijinhos*

Catarina disse...

R: Entendo querida, realmente não é fácil... Força <3

madalena disse...

Segue aquilo que achas que queres. Se depois vires que afinal queres outra coisa, vais a tempo de mudar.

R: É irritante, por mais razão que tenhas, se não te querem levar a sério é porque és "criança". Como se não tivesses uma cabecinha para pensar por ti própria.

Bonjour Love disse...

por acaso medicina nunca me apaixonou mas sempre gostei muito da área da saúde e acabei por seguir gestão :) não me arrependo mas às vezes penso se não devia ter seguido saúde.

Sentimentos Incontrolados disse...

Com ganza xD

S* disse...

Nunca é tarde para lutar. ;)

Ariana Maria disse...

resp. acho que se é direito que queres, devias seguir direito :) Eu prefiro não dizer qual é o meu curso até o ter terminado :)

Catarina disse...

R: É isso mesmo querida, é o que temos de fazer. Não é fácil, mas o tempo ajuda.

Kelda disse...

Eu entrei agora em ciências.
Estou a ver outros cursos na área da saúde mas o que gostava mesmo era medicina mas também sei que nunca iria entrar... não tenho a cabeça em condições para me esforçar a esse ponto e nem sei se mesmo com esforço iria conseguir. Há pessoas muito mais inteligentes e eu sou apenas uma aluna razoável em comparação...estou mesmo desmotivada com isto.Outra das dúvidas é se queria mesmo medicina ou era só para ter uma boa profissão e poder provar a toda a gente que tirei aquele curso super difícil e que sou boa em alguma coisa...o problema é que não sou.

Kelda disse...

R: Obrigada pelo apoio :)

Bu' disse...

Tu não tens noção do quanto eu me identifico com este post, só mudam as áreas mas é muito semelhante...

Kiara disse...

Eu fui "obrigada" durante muitos anos a querer seguir farmácia... ou melhor, fui "obrigada" a não seguir o curso que queria, que estava relacionado com o ensino. Os meus pais sempre me disseram que nunca me deixariam seguir o meu sonho, e eu sempre senti uma certa tristeza por isso mesmo. Até eu ter professores a apoiar-me! Até ter a minha professora de Matemática do 9º ano a dizer-me que, quando eu saísse da universidade, iam precisar de professores (sem ela sequer saber deste meu sonho!). Até ter o meu professor do secundário a chamar-me de "futura colega". Até os meus pais falarem com ele e verem que era mesmo isto que eu queria fazer da minha vida, e que não tinha mais nenhuma saída sem ser esta. É isto que eu sou, é isto que eu quero, é nisto que eu retiro algum tipo de prazer! Isto para dizer que, provavelmente, te estás a prender demasiado ao que eras. Dá-te prazer estudar biologia? Dá-te prazer estudar quimica? Ou dá-te mais prazer saber leis, ler os códigos, tudo isso? Vê bem o que te dá realmente prazer estudar, porque isso vai contar muito mais do que qualquer sonho que possas ter tido no passado :)
r: O exame correr mal não é desculpa, muito menos em 3ª fase. Se eu pensasse seguir matemática e me tivesse corrido mal o exame na primeira fase (nunca me ia correr mal ao ponto de nem sequer ter positiva, isso tenho a certeza), eu ia fazer o exame de 2ª fase só para provar a mim mesma que foi uma falha de um dia. Ao entrarem na 3ª fase, o exame que conta é o mais alto... e se o mais alto foi com aquelas notas, até tenho medo de saber como vão ser durante o curso.

Kiara disse...

r: Respondendo à tua pergunta, sim, estou em Matemática para seguir a via de ensino no mestrado.
É exatamente isso que me faz confusão, como é que as pessoas se candidatam para coisas em que se nota logo de inicio que não vão ter minimamente sucesso naquilo! É que não é por eu estar neste curso, mas noto perfeitamente que Matemática é mesmo daqueles cursos em que é muito fácil entrar (isto é óbvio, sendo um curso em que só precisas de ter 95 de média interna e 95 no exame) mas em que é muito dificil sair... e sair minimamente bem ainda é mais dificil!
Quanto a ti, resta-me desejar-te um ótimo percurso, seja ele qual for, e que no final te sintas realizada e orgulhosa de ti mesma, porque, no final, é isso que interessa! :)

'marta. disse...

r: nunca é tarde para começares a dar-te melhor com eles oh :)*

Kiara disse...

r: Sim, a ideia é dar aulas ao secundário e também terceiro ciclo (o mestrado inclui os dois xb), embora o segundo ciclo também não fosse mau de todo... mas prefiro os outros dois xb O que está mesmo fora de questão é o 1º ciclo, e ensino universitário só mesmo em última hipótese xD
Há quem diga que Matemática ainda é pior que engenharias... Eu falo por mim, se fosse só pelo gostar não aguentava. Se já assim é mesmo dificil manter as notas que eu quero, se não tinha uma boa base do secundário nem quero imaginar como seria. Quanto ao apoio: sempre que precisares :)

Alima das Cartas disse...

Ola Luna,
eu aos 25 anos, depois de ter acabado um curso e ter trabalhado durante três anos, entrei finalmente em Medicina.

E quatro anos passados, se fizer uma retrospectiva bem feita, estive ausente em muitos casamentos de muitos dos meus amigos, assim como estive ausente em outras reuniões familiares e confraternizações de amigos... e muitos deles com a minha ausência deixaram de ser amigos e passaram a ser pessoas que volta e meia encontro fugazmente na rua.

Isto é só para mostrar que apesar de gostar imenso do que faço actualmente, estou ciente que tive de abdicar de muitas coisas que jamais viverei. Vale a pena? Oh se vale...

Se achas que és capaz, arrisca. Se achas que vais por algum momento duvidar que não vais conseguir, pondera bem nos riscos, porque medicina é tudo menos fácil...

Alima

Kiara disse...

r: Porque são raras as cadeiras da universidade em que eu me sinta 100% à vontade, não sei xb prefiro a matéria do secundário e a interação que se tem lá, não sei :b Quanto a notas... bem, eu fui a exame com média de 19 a matemática e tive 18,5 no exame. Estou agora no segundo ano do curso, e tenho média de 18 do primeiro ano, mas com muito, muito esforço xb

Caty disse...

Acho que nada está perdido querida...


*Beijinhos*
Caty<3
http://myfairytale4.blogspot.pt/

Kiara disse...

r: Eu tinha 15,8 de média interna, e candidatei-me com média de 16,88 por causa da prova de ingresso :)

TwoVoicesOneHead disse...

ya , eu prefiro outra matéria , mais de cálculo , é mais fixe xD Anda bem pá , ainda em tou em fase de adaptação , devia estudar mais kkk e por aí ? xD

C. disse...

r: Ora nem mais! (:

TwoVoicesOneHead disse...

é mais divertida , pelo menos xD vê lá , acho que as lesmas comem alface ahah

Caty disse...

R: sim percebo :)

*Beijinhos*
Caty<3
http://myfairytale4.blogspot.pt

TwoVoicesOneHead disse...

isso depois acaba por ser sempre o mesmo , é uma questão de prática ... Dunas rebelde xD

anya ♥ disse...

Desejo-te sorte então para o teu percurso! :)

Flor de Algodão disse...

Identifiquei-me nas tuas palavras. Também sonhava entrar em medicina, mas vou tentar entrar em algo relacionado com saúde.
Beijinhos

Tulipa Negra disse...

Não tem mal nenhum mudar querida, só os tolos é que nunca mudam de ideias, o importante é seres feliz.

Bu' disse...

r: Seguir Criminologia nem sempre foi o meu sonho.
Até o 11º nem sequer era segunda opção.
Biologia sempre foi aquela coisa.
Não consegui entrar em biologia, quer dizer consegui mas entrei longe de casa. E numa privada só havia biologia numa longe de casa também. Para não parar um ano candidatei-me à segunda opção na privada e cá estou eu.
Mas Biologia é aquela nostalgia, aquele sonhos perdido sabe-se lá onde...
"Conclusão disto, é que eu me sinto "culpada" por não ser vocacionada para uma área que em garota gostaria de entrar, como se fosse uma obrigação eu gostar daquilo hoje e não ter conseguido mas gostar de outra área completamente diferente, como se tivesse falhado." é mais ou menos isto também.
Se leres os meus posts da altura do impasse do "entro ou não entro" já se percebe mais ou menos isto...