Páginas

23 de dez de 2014

E beijar os filhos na boca?



Alguém que me explique esta prática de os pais beijarem os filhos na boca. Eu devo ser muito retardada e antiquada, mas não vejo qual é sinceramente o sentido disto. 

39 comentários:

Lis disse...

eu ate acho fofo !

Ruthe disse...

Também não percebo muito bem, mas quer se queira quer não esteticamente fica bonito!

Adelisa M. disse...

Não tenho nada contra e não me faz muita confusão. Acho que é mais normal do que amigos que se cumprimentam com um beijo na boca

Sara Moreira disse...

Tamb não acho grande piada :/

Ana Nunes disse...

Partilho da tua opinião, não percebo qual é a necessidade!

Briana disse...

Os meus pais tinham essa mania mas pararam quando eramos muito novos (eu nem me lembro disso)..
Mas sinceramente faz me imensa impressão

JS disse...

São americanices. Confesso que também não acho necessário beijar um filho na boca, como demonstração de afeto.
Ou sou só eu que vejo o beijo na boca mais como uma manifestação de desejo sexual? :/

Ana Rita disse...

Também não gosto nem percebo muito bem!

Bernardo disse...

alguem que concorde comigo

Jenna disse...

Eu não gosto disso, mas não sei bem porque...

Diana C. disse...

Eu também não aprecio muito essa prática, mas cada um é livre do que quiser fazer!

Denise Ramos disse...

eheh é um bom post ... tema . as crianças tem tendencia a imitar os pais entao beijam a boca é normal

Sofia disse...

Também não gosto nada, especialmente quando os filhos já são mais velhos...

Lexie disse...

a mim não me faz confusão :)

Kaleesi disse...

Olha, somos duas, não gosto nada de ver :s

D. disse...

Feliz Natal, beijinho

Green disse...

Eu confesso que acho muito estranho!!

Hanna disse...

só acho mal porque depois os miudos também se querem andar a beijar na boca, os pais passam-lhes esse hábito.. digo isto pelo que vejo na creche.

Nea* disse...

Mais uma vez, tenho a mesma opinião.
Também fico a pensar no sentido e no porquê!

r: Tu também és uma fofa Luna!

Sys Arancia disse...

Eu também não percebo.
kiss na cheek

beatrice disse...

Irei ser :)

Isabella disse...

Já somos duas xD não intendo isso!

F. disse...

Provavelmente porque não és mãe , eu também não entendia , e não o faço muitas vezes mas é uma demonstração de afecto simplesmente.

F. disse...

r: não definiste uma faixa etária querida , se querias que a ideia fosse transmitida nessa fase da adolescência devias tê-lo feito , sendo assim acho anormal realmente .
Peço desculpa então pelo meu comentário anterior

anya ♥ disse...

sem querer ferir susceptibilidades, acho horrível ._.

annie lancaster disse...

não acho nada bacana. devo ser conservadora. mas acredito que cada coisa tem que ter seu lugar.

Pedro Sampaio disse...

Também não percebo, mas se calhar por afeto.

P' disse...

Eu detesto quando o fazem e jamais conseguiria fazê-lo aos meus filhos :o

catarina disse...

r: mas queres participar ou não darling ?

F. disse...

r: Não consigo evitar !

Moon disse...

Olá, estou a tentar divulgar o meu blog. Não sei se esta é a maneira mais correta, visto que parece mais uma corrente, mas pronto. Espero que gostes e pelo menos o visites.
http://half-dead-half-loved.blogspot.pt/

catarina disse...

r: é pena darling, mas podes participar na mesmo no livrinho. Assim ficavas com uma pequena recordação, que dizes ? :)

Mariana disse...

resp: bem que vai precisar , eu não me imaginava no lugar dele :s

Daisy D. disse...

de propósito não percebo mas às vezes é sem querer

Abby disse...

Conheço uma família que dão beijos uns aos outros na boca, entre pais e filhos e entre irmãos...

Abby disse...

ladies and gentlemens...* som dos tambores*, é com grande carinho que dedico o refrão desta musica á...LUNAAAA!! https://www.youtube.com/watch?v=tZjBm1NQoVs

Vá Luna, vá :$

p.s. anasmile disse...

Eu cá não gosto nada. Ainda para mais muitas vezes a canalha está toda suja do nariz e aquilo faz-me uma confusão! :s lheca!

Amante Japonesa disse...

Eu nao concordo (:

Cupcake Dreamer* disse...

Confesso que acho estranho mas não me incomoda muuuito. Também nunca percebi a razão...