Páginas

7 de jan de 2015

A ilusão de alguns subsídios escolares

northskyphotography:

Flip by North Sky Photography


Há coisas que me causam um certo transtorno mental, duas delas são os subsídios e bolsas de mérito. Vamos lá por partes, concordo em absoluto que se atribuam subsídios a pessoas que realmente precisam, que tenham dificuldade em comprar material escolar, que precisem de ajuda com as refeições, etc. Concordo que se atribuam bolsas de mérito a quem efetivamente tem mérito escolar, não concordo que se atribuam bolsas de mérito só a quem tem subsídio, desde que tenham média a ultrapassar os 14 (no ensino secundário). Desculpem lá, mas não concordo. Só por não se ser subsidiado não se quer dizer que é rico e por se ser subsidiado não quer dizer que se seja propriamente pobre como muitos querem fazer parecer.
Vejo muitos colegas meus "necessitados" com telemóveis topo de gama, a gastar balúrdios de dinheiro com saídas à noite, a comprar roupa de marca todas as semanas, a comer no bar do que mais caro lá há todos os dias. Sim, é verdade que cada um sabe do seu dinheiro, mas não é novidade para ninguém que metade desta gente não precisa de apoios para nada.

87 comentários:

Indigo disse...

É verdade, e na universidade a história repete-se com a bolsa de estudo... Mas fazer o quê?

Mar disse...

Não podia concordar mais contigo. Senti isso na pele durante o secundário, não tinha bolsa de mérito porque não tinha subsídio e via pessoas com subsídio que tinham mais posses do que eu. Acho que se é para premiar o mérito, isso não deveria estar relacionado com as possibilidades financeiras de cada um, se é para ser assim, pelo menos, que lhe mudem o nome, porque isso é tudo menos uma "bolsa de mérito". Quanto à atribuição de subsídios, teria muito mais a dizer, mas fico-me por aqui, acho que resumiste bem o que se passa na realidade.

Briana disse...

concordo mesmo muito contigo

Mind's Portrait disse...

Concordo, concordo, concordo! Gostei!
Desde o 10º ano que tenho uma média superior a 14, e como não sou subsidiada (e de rica não tenho nada), nunca recebi nenhuma bolsa de mérito nem nada que se pareça. Recebi uma vez um diploma de "Prémio de excelência" no 9º ano, apenas! Desde então, nada!
Não quer dizer que apenas me importe com aquilo que viria a receber, mas sinceramente não acho justo. Quem não tem subsidio pode ter-se esforçado tanto ou mais que qualquer outro que o tenha.

Caty disse...

Como te percebo!!! Tambem sempre me revoltei por causa disso!!!


*Beijinhos*
Caty<3
http://myfairytale4.blogspot.pt/

P' disse...

Ai, concordo tanto com o que disseste...

Adelisa M. disse...

Não poderia concordar mais contigo. Enerva-me tanto este assunto.

Ana Rita disse...

Precisar às vezes até precisa anda é com as prioridades trocadas!

Sentimentos Incontrolados disse...

É assim em todo o lado. As leis estão do lado dos espertos. E quem sabe ser esperto e enganar o sistema, tem a vida facilitada. Pena é que não haja controlo e meios de averiguação dos factos. Porque os próprios professores sabem que os meninos e meninas têm bons telemóveis, boa roupa e que nem comem na escola. Mas ninguém denuncia, e mesmo que o façam não adianta de nada. Para começar todos os subsidiados deviam ser obrigados a almoçar nas cantinas e deviam assinar alguma cena. Porque eles têm de tirar a senha mas nada garante que almocem lá, muitos vão comer ao snack bar ao lado da escola.

F. disse...

Concordo tanto !

Sys Arancia disse...

É verdade, sim. E infelizmente isso também acontece na universidade.
kiss na cheek

Alima das Cartas disse...

Como sou filha de funcionários públicos, nunca tive direito a qualquer bolsa, logo tinha que fazer ginástica às minhas economias

Nos bons tempos em que estudava em Coimbra, tinha uma amiga bolseira que tinha um cão e quando recebia a bolsa, gastava-a quase toda em ração gourmet para o cão "só porque ele merecia". A meio do mês voltava a dar ração do Lidl.

C. disse...

Uma coisa a dizer: só me fazes rir páh! :p

Moon disse...

Concordo com o que escreveste, aliás já vi isso a acontecer na minha escola secundária!

~ basicamente ele disse que eu era um lixo, agora pede-me desculpa e pensa que vamos voltar a falar, mas está muito enganado.~

A disse...

Tão verdade...

Green disse...

Não podia concordar mais.

Moon disse...

Deixei de lhe falar, nestes casos é o melhor.

D. disse...

Totalmente de acordo :)

Pedro Sampaio disse...

Concordo contigo :)

Cloe O. disse...

Concordo completamente...

Carolina. disse...

Verdade. A Bolsa de Mérito nada devia ter a ver com os apoios sociais (até porque uma coisa não interfere a outra quando é o oposto)... Eu sempre tive mais do que 16 no Secundário e nunca recebi bolsas de mérito nem nada que se pareça (nem um certificado, quanto mais) exactamente porque não tinha Bolsa Social.
Quanto às bolsas de estudo, fico chateada com a mesma coisa por ter casos tão perto de mim... Vejo os meninos que recebem bolsa a passear e a comprar roupa todas as semanas enquanto que os que realmente precisam ainda estão à espera de resposta... Eu nunca me candidatei a bolsa pq, felizmente, os meus pais conseguem suportar os meus estudos. Quem está na mesma situação devia parar de ser egoísta e fazer o mesmo. Porque não há dinheiro para todos (compreensivelmente)...

Ana. disse...

Na minha escola passasse o mesmo, acho que é assim em todo o lado.

Na minha terra no Natal fazem cabazes de Natal e dão as famílias mais carenciadas, a maior parte delas vão passear para todo o lado , sempre bem vestidos e enfim, e um desses cabazes foi encontrado no lixo!! cheio de comida boa, arroz e afins. Não é a mesma coisa mas é parecido

Abby disse...

Olá "idola" :$
ihihi

S* disse...

Infelizmente muitas bolsas de estudo são mal atribuídas. Chega a ser ridículo.

Abby disse...

r: Oh Luna, foi tãooo lamechas :o :$

Tulipa Negra disse...

Concordo em tudo e na faculdade fico sempre revoltada com essas situações.

JS (?...) disse...

Os subsídios são atribuídos com base na declaração de IRS e enquanto não se encontrar uma fórmula que torne o IRS justo, enquanto houver a possibilidade de certos grupos profissionais fugirem descaradamente ao fisco, vamos ter sempre essa corja de parasitas a absorverem muito do dinheiro que deveria ser destinado aos verdadeiramente necessitados.
Se tu tiveres um modo de ganhar a vida meio clandestino, ou porque tens uma banca de venda de produtos contrafeitos, na feira, ou porque vives de biscates sem fatura nem recibo, estás a ficar com o dinheiro dos impostos para ti e como não é dinheiro declarado, ainda tens direito a subsídios com que os teus filhos vão comprar o iPod, enquanto o meu paga os livros na totalidade e tem um telemóvel ranhoso.
É a chamada economia paralela, que no caso dos ciganos é para Lelo.
Ai Lelo, arruma a banca e vamos embora, que vem aí a ASAE. eheheheh

INÊS disse...

Concordo imenso contigo!!

Roxy disse...

Como eu te percebo... Vi muitas injustiças acontecerem em relação a isso. Eu própria vivi isso na pele!

r: Sempre força! Ahah

Abby disse...

r: Foi sim,mas ele é um melguinha tao grande Luna..

Moon disse...

O pior é que já tive de recorrer a ele outra vez porque ele como já teve uma depressão e eu tenho um pequeno problema tive de ir até ele esclarecê-lo -.-

Moon disse...

infelizmente tive, mas já está tudo normal. Já lhe perguntei, ele respondeu, e eu já não lhe estou a falar mais.

Caty disse...

R: exatamente!

~*Beijinhos*
Caty<3
http://myfairytale4.blogspot.pt/

Violet disse...

este é o meu primeiro ano no secundário por isso, até mencionares, não tinha conhecimento de que as bolsas só eram atribuídas a pessoas subsidiadas. E fiquei chocada! Acho que se uma pessoa trabalha para ter boas notas, quer seja subsidiada ou não, devia ter direito ao mesmo. Não devia haver essa distinção. Do meu ponto de vista até parece que estão a desvalorizar um bocado o trabalho dos outros

Miguel Gouveia disse...

Olá :’) Estou a fazer um Giveaway onde dou a oportunidade de ganharem o fabuloso Créme de Rosto Benamôr. Convido-te a participar :D
Giveaway | Ganhem um Créme de Rosto Benamôr
Miguel Gouveia do Blog Pieces Of Me :D

catarina disse...

r: devemos dar sempre o melhor de nós á pessoa que amamos :)

P' disse...

r: acho que disseste tudo: educam-lo de forma machista. Pus-me a pensar que cá em casa é exactamente a mesma coisa depois de reler o texto que escrevi antes de o publicar. No meu caso há duas opções para que a educação dele seja TÃÃÃÃÃOOOO diferente da que eu recebi: ou porque é uma questão de machismo, ou tem a ver com o facto de eu não ser filha do mesmo pai (que é actual marido da minha mãe) que ele...

Abby disse...

O melhor de tudo é que quem precisa, muitas vezes não tem apoio algum.

Hibiscus disse...

Isso é tudo muito mal feito.

P' disse...

r: também me acontece isso querida. Ele tem sempre razão, mesmo que me desrespeite eu nem posso dizer nada em minha defesa ou chamá-lo a atenção porque ele tem razão para me desrespeitar... Aaaaffff, é triste, enfim :s

Becas disse...

concordo ctg que as bolsas de mérito deviam ser para todas as pessoas e nao só para as subsidiadas, nem que tivessem de aumentar a média,

Moon disse...

Fiquei com pena dele porque parecia triste e tal, voltei a ir falar-lhe. Depois aproveitou-se logo -.- Uma pessoa dá um dedo e eles querem logo o braço todo. Bloqueio, foi o melhor a fazer.

Miguel Gouveia disse...

Os domingos deveiam ter pelo menos 48horas, certo? :P
Giveaway | Ganhem um Créme de Rosto Benamôr
Miguel Gouveia do Blog Pieces Of Me :D

As* disse...

concordo ! eu apesar de já não estudar , moro perto da escola que frequentei e vejo / sei de muitas pessoas que fazem de tudo para receber dinheiro da escola , porque dizem precisar mas no entanto , há sempre dinheiro para almoçar no café , quando podiam poupar e comer na cantina ... enfim , cada um sabe de si.

r: thanks !

boa semana*

Francisca disse...

Concordo contigo, uma rapariga da minha turma, tem um telemóvel de 500 euros, tem 4 ou 5 pares de timberland, anda sempre bem vestida, unhas arranjadas, com grandes marcas e depois ups, tem subsídio... como, expliquem-me como?
É por isso que o país está como está...

anya ♥ disse...

Infelizmente, a má distribuição das riquezas proporciona essas discrepâncias. Basta ter-se os pais separados para se ter mais facilmente acesso a bolsas. Aposto que é o caso de muitos dos teus colegas.

R.: Em relação à faculdade e amigos, se calhar não me fiz entender bem. O pensamento de que vamos fazer amigos não tem de ser central na vida de ninguém (se bem que para muitos é o único objetivo). Mas pensa lá bem, imagina-te fora da tua cidade (é o meu caso), a tirares um curso de 3, 4 ou 5 anos e, durante todo esse tempo, não consegues aproximar-te realmente de ninguém, porque o sistema da faculdade não to permite. O sentimento de solidão é inevitável. Por isso, não é que vás para a faculdade com a intenção de criares as melhores amizades da tua vida, mas é fundamental que nos possamos ligar a alguém para que tudo o resto seja mais suportável.

Rita Santos disse...

Tal e qual a minha prespectiva!

Abby disse...

R: Imagina o cenário :
Ele mais tarde com os filho dele a dizer assim:
- Sabes, com a tua idade levei um rapariga que gostava muito ao cinema..Fomos ver um filme da guerra mundial!
ahahahahahaha

Abby disse...

r: Luna, estás triste querida?

Abby disse...

r: estou viva. Já não é mau :b

Miguel Gouveia disse...

São mesmo!!! Dá vontade de beber por todas ao mesmo tempo ahahah

Giveaway | Ganhem um Créme de Rosto Benamôr
Miguel Gouveia do Blog Pieces Of Me :D

Moon disse...

Obrigada :3

~Custa, mas lá terá de ser!~

Abby disse...

r: Está no sitio querida. Eu é que não estou.

Rita disse...

Partilho exatamente da mesma opinião querida.
Não conhecia o teu blog mas foi-me recomendado e decidi cuscar.
Vou seguir-te. Beijinhos

Marisa Costa disse...

r: Era otimo :)

Marisa Costa disse...

Como é que andas? :)

Abby disse...

R: Oh Luna..mais do mesmo ..Já não vale a pena dizer nada. Acho que já nem há palavras.

Abby disse...

r: Voces falam, mas eu não estou a conseguir ouvir-vos. Não me culpes, não te zangues. Não sei o que se passa comigo.

Carolina. disse...

R: Que área queres seguir?

Carolina. disse...

Medicina?

Duquesa disse...

Já no secundário tinha essa opinião. Não faz sentido nenhum...!

Roxy disse...

r: Não tem outro nome!

Abby disse...

r: Oh Luna, eu sei que tenho..mas não dá..

Rita disse...

Obrigado pelo conselho querida!

Isabella disse...

Sei bem o que é essa frustração.. tive colegas iguais -.-

I disse...

assino por baixo! (concordo taaaanto contigo)

margarida disse...

Tens razão. Há pessoas que não merecem enquanto outras precisam e não têm. Eu no secundário tive tanto subsídio como bolsa de mérito, mas havia pessoas ricas que também tinham e ainda refilavam por eu ter bolsa de mérito e eles não. Agora na faculdade a história repete-se. No primeiro ano tive bolsa, mas agora no segundo ano em que a minha situação financeira piorou a olhos vistos não tive, não entendo isto mas neste país é assim, tudo ao contrário.

Hanna disse...

é mesmo isso que acontece , tanto no secundário como na universidade :s
sigo *

Vanessa Vieira disse...

Também fico para morrer com estas situações. Um pouco de bom senso e moral ajudaria. Mas infelizmente nossa sociedade é frágil neste sentido. ajuda de olhos vendados. =(

Uma pena. porque há muitas pessoas que realmente necessitam e estão ai, no meio do caminho.

Muito interessante sua discussão! Parabéns pelo blogue! :*

www.pensamentosvlemouro.com

Amy ☮ disse...

como te entendo! no ano passado, SÓ (e repito, SÓ!) as pessoas da minha turma que tinham bons carros, boas roupas e viajavam mil vezes ao ano é que tinham subsídio! isto está muito mal feito :(

r: oh, não tenho média à mesma x)

Lis disse...

No ultimo paragrafo disseste tudo ! Eu nao tenho subsidio pq nao mo deram mas as vezes precisava pq o dinheiro nao estica e há gente que se queixa muito mas tem o bolso cheio e tem subsidio -.-

Kiara disse...

Concordo contigo, é uma triste realidade...

Carolina disse...

Infelizmente é assim em todo o lado, não há hipótese :/

Nea* disse...

E soubesses tu da missa a metade...

r: Ela está bem, bem dentro dos possíveis.

Nea* disse...

r: Que queres saber mais sobre o meu dia da defesa nacional? :)

Abby disse...

r: É deixar que o tempo cure. Fiz uma grande asneira e estive no hospital, agora estou super hiper mega medicada..

Abby disse...

R: foi uma crise de um surto psicótico. Descontrolei-me tanto mas tanto..

Cátia disse...

Concordo com tudo o que disseste, já para não falar das falcatruas que via certas pessoas a fazerem para terem direito ao subsidio!

Caty disse...

R: depende muito dos cursos, na minha faculdade, em geral, os professores utilizam quase a pauta toda desde o 1 ao 19. Em cursos mais práticos consegue-se ter boas notas visto que é uma questao de muito trabalho e nao de uma mera frequencia. Por acaso as pessoas com quem me relaciono têm tido boas notas da faculdade mesmo em cursos nao praticos, é uma questao de amor à camisola e de empenho...

*Beijinhos*
Caty<3
http://myfairytale4.blogspot.pt/

Ember Blue disse...

É mesmo uma assunto delicado querida...

Abby disse...

r: Voltei a tentar...

JS disse...

Olha, muito obrigado pelas tuas palavras, mas não me sinto nada como uma referência para ninguém. Às vezes sinto-me tão perdido, que nem para mim sirvo de referência.
Obrigado. :)

Hanna disse...

r: sim, embora estejamos a viver juntos eu pretendo casar (embora muitas vezes associem que ao viver juntos já não querem casar), mas acontece muito isso, é importante ver se a relação funciona mesmo, porque antes de viver juntos, ninguém tem a certeza se resulta mesmo bem, é nessa fase que se descobre.

Hanna disse...

r: sim, espero que ela recupere rápido :(

Diana Spencer disse...

este ano eu perdi o subsídio escolar, porque o meu irmão atingiu a maior de idade, apesar de nada ter mudado, ele continua a ser sustentado pelos meus pais. Como é óbvio, deixei de ter acesso à bolsa de mérito. Eu sei que o dinheiro é de cada um e, em principio, é merecido, mas revolta ouvir alguém receber uma bolsa de mérito e comentar "que bom, agora já vou poder fazer a tatuagem e comprar o telemóvel" quando eu posso não frequentar a universidade por motivos económicos!

Sofia disse...

Tens imensa razão no que disseste... Eu acho bastante injusto

Oito Tentaculos disse...

Fartei-me de perguntar aos professores e aos diretores. E mais giro? É que vi casos de alunos a terem ambas as ajudas e a bolsa ser inferior a 14v. Isto anda tudo virado do avesso.

Beijinho do,
Oito