Páginas

20 de fev de 2015

Sobre a liberdade dos outros no meu material escolar


Sabes aquele tipo de pessoa que pensa que é a proprietária legal das tuas coisas? Sim, aquela pessoa que te pede a borracha/caneta/lápis/livro emprestados e tos devolve como se tivessem andado na 1ª Guerra Mundial do Material Escolar? Coisas roídas, partidas, riscadas com palavras (ou desenhos) que nada têm a ver com a matéria contida no livro. E quando cais no atrevimento de fazer uma pergunta semelhante a  "Mas passaste-te ou quê? As coisas são tuas para fazeres esse tipo de *palavra feia* coisas?" a pessoa responde-te na maior da alegria e simplicidade "Oh, deixa lá, é só uma borracha/caneta/lápis/livro, não sejas assim, está mais giro assim!". Quase que tens vontade de pedir desculpa de joelhos e implorar pelo perdão de teres sequer questionado o porquê dessa pessoa te ter profanado as coisas. 
E sim, eu sou daquelas pessoas que não gosta de ter as coisas estragadas à custa dos outros e que se passa um bocadinho com estas coisas.

25 comentários:

Briana disse...

e quando devolvem as coisas é sorte.. muita vez nunca mais as vimos na vida

Sentimentos Incontrolados disse...

Não emprestes mais. Mas depois és a chunga que não empresta as coisas -.-
Raios partam esta gente da sociedade!

Márcia Marto disse...

compreendo-te completamente! Às vezes nunca me chegam a devolver ou quando devolver vem com a tampa da caneta roída,e nesse caso, disse à pessoa que o melhor era ficar com ela...eww

Lexie disse...

Felizmente nunca tive problemas ao emprestar o meu material escolar!

Catarina disse...

Sou assim como tu ...

Itor disse...

Haahah por isso é que o meu portalapis so tem uma caneta azul e uma vermelha :D

R: O que se passa? SOu eu atrapalhado a matemática, sim eu xD

Ana Rita disse...

Mas depois se deixas de emprestar és egoísta enfim -.- Quando emprestamos é para devolver como estava será que isso é dificil de compreender?

riddle disse...

Aleluia, ela voltou. eheheh

Nunca ouviste dizer que quem empresta não melhora?
Eu detestava emprestar livros por causa disso e a seguir às férias havia sempre discussão, porque "ela" deixava as colegas levarem as fotos para mostrarem à família e quando as devolviam vinham sujas e com cantos dobrados.
Eu começava logo a imaginar aquelas pessoas a lamberem o dedo para passarem as fotos e dava-me um nojo do caraças. xD

J. disse...

Sou como tu, além disso dou muito valor ás minhas coisas. Uma pessoa empresta com as melhores das intenções, e depois recebe os seus materiais estragados entre outras coisas. E se depois não emprestarmos somos as más da fita. Aconteceu-me há pouco tempo um episódio do género, emprestei um livro e foi devolvido todo roto na capa. Disse que não emprestava mais e ainda me disseram "Deixa de ser assim, qual é o mal? É só o livro de Química", só falta dizer que me passei com esta resposta. Enfim...
r: Verdade! Ainda nem sei se me vou submeter às praxes algum dia, acho que primeiro quero ver como é.
r2: Humm, eu já tentei aprender a tocar guitarra, consegui tocar a sweet dreams do marilyn manson, sweet child o'mine dos Guns e algumas dos The White Stripes (isto tudo numa tarde), mas aconteceu-me o mesmo que o teclado. Desisti por não ver resultados imediatos e porque me magoava os dedos -.-
Mas sendo assim, acho que não ia ter tanta paciência para o violino :(
r3: Hahaha, sim xD
r4: O meu pai diz-me isso várias vezes e confesso que me enerva um bocado (depende da situação) xD

Mickey Indefinite disse...

não gosto nada dessas pessoas, irra não sabem ter cuidado!
r: eu também :)

riddle disse...

R: Mudei porque numa conversa fiquei desconfiado que alguém cá de casa me andava a ler o blog. xD

Marisa Maria disse...

Devias ter tido os meus colegas... usavam as minhas coisas quase sem pedir e assassinavam-me tudo o que era borrachas e enchiam-me as folhas de desenhos e mensagens... mas em parte porque eu deixava. Era mesmo na boa :)

Mar disse...

Olá,
Mudei o visual, o nome e o link do meu blog portanto se quiseres me continuar a seguir, tens aqui o novo link: http://m-crazyinlove.blogspot.pt

Beijos, Mar.

Diana C. disse...

Opaaa, eu detesto essas coisas.

Sys Arancia disse...

Tinha uma colega que enlouquecia quando lhe faziam isso e os nossos colegas faziam ainda pior.
kiss na cheek

Tcar disse...

sinal de sorte quando te devolvem, mesmo que depois da guerra kkk

odeio esse tipo de situação

http://faalamesmo.blogspot.com.br/

J. disse...

r: O mesmo digo, eu aprendi a dizer não, empresto no máximo uma vez quando sei que essa pessoa não vai estragar nada do que é meu e se algo acontecer com o meu material deixo de o fazer. Compreendo-te, é de uma pessoa se chatear mesmo!
r3: Haha, a sério, temos tantas coisas em comum, acho que se nos conhecêssemos pessoalmente seriamos grandes amigas (já és a segunda pessoa que me faz pensa isto aqui no "mundo blogguer", deve ser por não estar habituada a encontrar pessoas com os mesmos gostos e opiniões que eu). Também não sou contra as praxes mas tal como tu, a minha personalidade não se enquadra muito nestas coisas. Mesmo assim, talvez venha a experimentar...
r3: Pois, o meu irmão toca guitarra e tem as pontas dos dedos super duras e calejadas.
r4: Oh pá, porque há coisas que ele resmunga comigo por eu fazer, e depois vai ele e faz igual como se nunca me tivesse dito para não o fazer. Dou-te um exemplo: Lavar as mãos na dala da cozinha. Tinha acabado o meu lanche que por acaso deixara as mãos gordurosas, fui lavá-las, vem ele e diz que as mãos lavam-se na casa de banho e não ali. Mais tarde vai ele e faz o mesmo. Enfrentei-o e ele diz-me essa frase, enfim... xD

Daniela Costa disse...

Uma vez escreveram-me na caixa dos óculos sem eu saber e a letra era horrível! Fiquei tão, mas tão chateada que só não espetei um estalo porque me contive... Odeio mesmo que me escrevam nas coisas.

J. disse...

r: É um que também podes ver, é sobre drogas, bom e super "come cacos" xD
r2: Olha, mas é mesmo! Enfim...
r3: É bom saber, é bom saber. :p
Não sabia que existiam "tipos de praxes" (ignora a minha ignorância -.-), mas sendo assim vou-me informar melhor sobre isso xD
És tu com 1.60 e eu com 1.50, mas já me impus a pessoas com 20 e tais, na brincadeira hahah xD
r4: Haha, mais ou menos isso xD

Mellia disse...

R: Eu sei :/ Ás vezes acontece...

J. disse...

r: Pois, infelizmente :s
r1: Não gosto, não gosto nada de comidas do género, enjoam-me xD
r2: Pois, há gente que abusa nas praxes, mas também não podemos generalizar. Quando lá chegarmos vemos isso ...
r3: A sério? Eu acho que o facto de eu e o meu pai sermos super parecidos é o que causa discussões entre nós por coisas mesmo parvas -.-

Green disse...

Entendo-te perfeitamente!

J. disse...

r: Haha, muito xD
r2: Isto vai-te parecer muito óbvio ou comum, adoro arroz de carneiro (incluindo o carneiro xD), arroz de marisco, churrasco, bacalhau frito xD
r3: Ah, isso também acontece com o meu pai. Há uns tempos para cá, deu-lhe para implicar com qualquer coisinha e fazer ver que só ele é que tem razão. Deve ser a crise de meia idade xD

Tulipa Negra disse...

Eu não me importo de emprestar mas se me estragam as coisas é a última vez.

Nea* disse...

Quando empresto coisas as pessoas não têm a infelicidade de me fazer isso porque se fizessem seria tipo tu!