Páginas

15 de abr de 2015

O respeito


Para se ser respeitado é preciso respeitar. Ensinamos esta máxima todos os dias aos nossos filhos (eu não, mas vocês entenderam), andamos a proclamá-la como se fossemos os masters do respeito. Queremos, impomos que os outros tenham respeito por nós. Mas esquece-mo-nos de uma pequena coisa. O respeito começa em nós, nós temos de o cultivar como uma erva daninha (para crescer e se alastrar rápido, mas podem pensar nisto como uma flor bonita, pronto), não podemos estar à espera que os outros tenham respeito connosco se muitas das vezes nem connosco próprios o temos. Ter respeito não é ter medo. Respeito é não desprezar as opiniões, crenças, do outro, é ensinar a viver em sociedade de forma saudável, é saber ouvir. Impor respeito não é feito com ameaças nem com violência seja de qual tipo for, isso é impor medo. Há diferenças, embora muita gente não as veja. Não há fórmulas milagrosas para uma relação perfeita com outra pessoa (seja família, namorado, amigos), mas podem ter a certeza que o respeito faz parte da equação.

1 de abr de 2015

O beijar de olhos fechados




Ontem estava quase a dormir quando me lembro de uma questão para a qual eu não tenho explicação, nem eu nem muitas pessoas, provavelmente.
Porque é que as pessoas quando se beijam, beijam de olhos fechados?