Páginas

15 de fev de 2016

Por vezes, olho para muitas miúditas (sim, miúditas, nem me venham cá dizer o contrário) a partir dos seus 12 anos, em que a descrição é esta:
  • Batom vermelho;
  • Decotes até ao umbigo, visivelmente proporcionados por push-ups;
  •  Maquilhagem. Sim, meus senhores, maquilhagem: base na cara a parecer uma laranja, rímel até ao couro cabeludo, lápis quais rainhas egípcias...E o batom já falei, acima;
  • Descrições nas fotografias, geralmente a mandarem indiretas, a queixarem-se do peso nos ombros do seu sofrimento (mochila, I guess) ou a serem porquinhas;
  • Geralmente andam em bando, pavoneiam-se pelos sítios públicos e quase que partem as ancas com tanto "abananço";
  • Risos histéricos. Sim, isto é prática comum;
  • Gostam de ser engraçadinhas ou, de pelo menos, gozar com alguém;
  • Fumar e beber, só mesmo "porque sim".
  • Comportamentos ridículos e para chamar a atenção.

Até podem ser umas criaturas muito inteligentes, tirarem excelentes notas e afins. Mas eu não aguento com personalidades destas. Mais uma prova que inteligência não define maturidade, nem perto disso. Podem até ser o Einstein, mas o Eistein com um Caps, óculos de sol num centro comercial, calças descidas até aos joelhos, e com uma garrafa de azeite para vender. Se gostarem de azeite. Se não gostarem, façam como eu, riam-se um bocadinho, interiormente, da falta de nível desta espécie.

10 comentários:

Ísis disse...

Eu tento desvalorizar e, tal como tu, rio-me interiormente.

Ellie disse...

Esta juventude de hoje...

Green disse...

Como te entendo e concordo contigo.

Catarina Nóbrega disse...

Concordo plenamente contigo! Mas a geração de agora é toda assim infelizmente

Simple Girl disse...

Como concordo contigo, em todos os aspetos!!

Simple Girl disse...

r: Muito obrigada :)

Simple Girl disse...

r: Infelizmente não tinha a mínima noção disso. Mas por um lado ainda bem que aconteceu, agora já sei distinguir a realidade das coisas...

Sofia Caviar disse...

Muitas dessas miuditas, e até mesmo alguns miuditos não fumam. As vezes que saiu à noite (que são raras), apanho sempre um grupinho desses à porta dos bares de cigarros na mão. Uma vez parei para observar, e praticamente todos, nunca ou quase nunca levaram os cigarros à boca e inspiraram aquele fumo, ficaram apenas com os cigarros acessos na mão, como se fosse para "o estilo". Não suporto estas mini-pessoas. Ás vezes só apetece agarrá-las, dar dois estalos para acordarem para a realidade. Mas nunca faço nada, gozo interiormente também.
R: O meu sonho é seguir musica, mas os meus pais não aceitam essa minha ideia então estou à nora com o que seguir. O que a tua amiga está a tirar? Obrigada :D
Beijinhos!

Vanessa disse...

Tal como tu rio-me interiormente, pleno o pior é que essas miúdas acham piada estarem assim.

Sofia Caviar disse...

R: Não ando em nenhum conservatório mas ando numa banda filarmónica à 11 anos. Sério? Adorava aprender a tocar violino um dia.
R2: Somos duas! Mesmo, dois estalos ahah. Ui, nunca conseguiria tirar Biotecnologia, não era boa para isso ahaha.
Beijinhos