Páginas

23 de abr de 2016

O Príncipe George veste roupões. E agora?



Nada contra a família real britânica, but, a sério? A sério que é preciso este sensacionalismo todo?  E, portugueses, é preciso partilharem tanto uma "notícia" destas? Vejo as pessoas mais interessadas em "assuntos" da família real do que no estado deste país.

21 de abr de 2016

About this product- Água de Rosas

Água De Rosas 250Ml
Este produto toda a gente deve conhecer, nem que seja só de nome, ou de ouvirem as mães e avós a falar. Andava eu há uns tempos preocupada sobre se devia comprar ou não um produto para a carinha. Não cremes, mas tónicos, algo para limpar/acalmar a pele. Foi quando me lembrei que há alguns anos atrás usei este produto, mas que deixei, não sei bem porquê, provavelmente foi por preguiça. Mas bem, podem experimentar, mal não faz (há casos em que irrita, mas são raros, é uma questão de experimentar), muito não custa (50 e poucos cêntimos-1 euro, geralmente, depende do sítio, a minha foi 0.52, no Pingo Doce). O que têm de fazer é embeber o líquido em algodão ou naqueles discos de limpeza, e passar pela cara, nada mais simples. Normalmente faço isso logo de manhã e à noite, antes de ir dormir, e para além de sentir a pele mais fresca e limpa, ainda fica com aquele cheirinho.

Início de nova rúbrica - About this product

Pois bem, nunca pensei fazer uma rubrica deste estilo, mas dadas as circunstâncias de falta de temas, pensei em fazer reviews de produtos. Sim, dar a minha modesta opinião de produtos que vou comprando, sobretudo de produtos para o cabelo, perfumes, cremes, esse tipo de coisas. O que me aprouver, portanto. Não raro é eu andar numa loja, encontrar 3 produtos do mesmo tipo, de marca diferente, e não saber em qual hei de apostar, por não saber qual é o melhor. E lá ando eu, na internet, no meio da loja, a procurar opiniões. E bem, é com o intuito de fazer posts, de dar nova vida ao blog, que irei fazer isto. Mas também com o objetivo de ajudar gente como eu, que não tem muita experiência em termos de produtos e que procura opiniões.

12 de abr de 2016

Alguém que me explique a lógica disto (é, eu sei, ando inspirada): estar num supermercado, pegar num produto, abri-lo, ingerir e ir pagar depois. Why the f*** vocês fazem isso?! Mas quando vão a uma loja de roupa vocês vestem a camisola, vão com ela até à caixa e só depois a vão pagar, ou pagam a camisola e posteriormente a vestem? A camisola não vai "desaparecer" depois de a vestirem, mas quando metem a comidinha na boca, ela já não volta para a embalagem em que estava, pelo menos no seu estado original. E sim, podem até argumentar que "Ah, mas eu tenho dinheiro, depois pago!", pois, e se por alguma razão chegarem à caixa e não tiverem? O que acontece é que o produto fica inutilizado e nem sequer o podem levar. O produto não é vosso SÓ porque pegaram nele, o produto é vosso QUANDO o pagarem.
É assim tão difícil de entender a parvoíce inerente a isto?

11 de abr de 2016

Ainda me hão de explicar como é que este fenómeno acontece: experimentar algo (roupa) numa loja, trazer e logo a seguir, experimentar em casa e já não servir. Quanto às cores, isso tem a ver com iluminação, sim, mas e o resto, qual é a desculpa? Nunca entendi isto, e provavelmente vou demorar a entender...Eu quando compro algo, passo tempos e tempos a examinar se tem alguma coisa que eu não gosto,agora isto de servir na loja e já não servir em casa, cheira-me a consumismo de olhos fechados.

4 de abr de 2016

Procuro + Saúde - Site/blog

Como vocês sabem, não costumo divulgar blogs, mas este tem de ser, dada a relevância que pode ter a muitas almas atormentadas (como eu) que não tenham um profissional de saúde logo "à mão de semear".
Estou a falar do site/blog Procuro + Saúde, em que o administrador (Carlos Edgar, enfermeiro) tem imensos posts sobre saúde, principalmente sobre métodos contracetivos, menstruação, diversos problemas de saúde, etc. Não são só os posts que são bastante úteis, é também o cuidado que o administrador tem de responder, prontamente, a cada comentário, a cada dúvida que nos possa surgir. É óbvio, que como qualquer site/blog da mesma índole, há casos em que não se dispensa a consulta médica física, claro, mas para dúvidas como "Comecei a tomar a pílula, quando é que ela é realmente eficaz?", " É normal ter aumento de peso com a pílula?", "É normal sentir as pernas cansadas?", isso são perguntas que é frequente verem-se nos comentários. Comentários, esses, que por privacidade, o administrador nos aconselha a fazer em Anónimo, o que julgo que ninguém se importará de fazer.
Acho que é um site/blog bastante útil, ora espreitem lá.